Abordagens para resolver os conflitos que surgem na sala de aula

Mediação, diálogo e empatia são estratégias para adotar preventivamente e evitar desentendimentos entre os alunos

Duas meninas de costas uma para a outra, com os braços cruzados. Texto: Como resolver os conflitos entre os alunos?

Por mais que uma turma se conheça, é natural que debates mais acalorados – e até mesmo eventuais brigas – aconteçam, uma vez que o longo período distantes fisicamente da escola, de seus professores e colegas também impactou suas habilidades sociais. 

A boa notícia é que existem dicas práticas que podem ser implementadas para dar início à construção de uma cultura de paz na sua escola. 

Confira alguns caminhos a seguir.  

Escuta ativa enquanto prevenção

Uma das estratégias para evitar os conflitos é agir preventivamente, ou seja, ter um momento na rotina de aulas dedicado especialmente para que estudantes possam expor, sem julgamentos prévios, seus pensamentos e opiniões para o professor e os colegas antes de eventuais conflitos acontecerem.

Estimule o diálogo e empatia

Crianças e jovens muitas vezes baseiam seu comportamento naquilo que observam nos adultos ao seu redor. Por isso, é interessante que os educadores procurem assumir posturas de escuta, ouvindo com empatia o que os estudantes têm a dizer. Outra estratégia é evitar que eles falem todos ao mesmo tempo, respeitando a vez de cada um e ouvindo com atenção. 

Professor como mediador

Uma situação de conflito é uma oportunidade para o professor assumir um lugar de mediador. Nesses momentos, é interessante reunir os alunos envolvidos na discussão ou briga em questão e promover um processo de escuta. Cada aluno deve falar por vez, fazendo com que tanto o professor como o colega envolvido ouçam o que ele tem a dizer, inclusive como ele se sentiu durante o desentendimento. 

Os alunos que resolvem

Na dica anterior, quando o educador assume uma postura de mediador de conflito, o interessante é deixar que os alunos falem – evitando que isso aconteça ao mesmo tempo – e que, a partir do diálogo, encontrem a razão do desentendimento e o que pode ser feito de forma diferente para, da próxima vez, evitar uma situação de crise. Portanto, não se trata de levar uma solução pronta, e sim deixar que crianças e jovens criem esse caminho. 

Reflexão além do ‘pedir desculpa’

Antes mesmo de incentivar que os alunos troquem pedidos de desculpas após situações de conflito, é importante que o professor ou adulto envolvido na situação possa observar as oportunidades de aprendizado. A criança deve ser incentivada a refletir sobre seus atos e suas consequências, de que forma ela pode tentar corrigi-los e evitar que se repitam no futuro. 

Pesquisas e relatórios

Se as situações de violência ou discussões acontecem com frequência, a realização de pesquisas com funcionários e estudantes da escola para identificar as causas desse cenário pode ser interessante. Assim, os resultados podem mostrar algo que está passando despercebido e, a partir deles, a diretoria e coordenação podem organizar estratégias para chegar a soluções elaboradas coletivamente. 

Outra proposta é fazer um registro de cada ocorrência na escola e, periodicamente, resgatar essas fichas e estudar o que os conflitos ocorridos têm em comum. 

Combinados de convivência

Regras e combinados de convivência não são apenas para os mais novos. Esses acordos estão presentes também em muitos ambientes adultos. Por isso, uma ideia é reunir todos os estudantes no início do ano letivo e montar, de forma colaborativa, uma lista de regras a serem seguidas durante as aulas. A ideia é mostrar que algumas atitudes não devem ser encorajadas, enquanto outras, mais graves, não serão toleradas. 

Envolver toda a escola

Em muitos casos, os conflitos podem acontecer fora da sala de aula e em outros espaços da escola, como na hora do intervalo. Por isso, é importante que todos os profissionais da instituição – desde o diretor, o professor, coordenador, até os profissionais da cantina e de serviços gerais – também estejam cientes dos acordos e combinados de convivência. 

Fique por dentro

O nosso curso sobre Emoções apresenta caminhos para promover espaços de escuta sem julgamentos e estimular a colaboração entre estudantes. 

Nas nossas atividades, mostramos como uma educadora agiu em uma situação real de desentendimento na escola! 

O curso é online, gratuito e certificado. Inscreva-se AQUI.

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Its like you read my mind! You appear to know so much about this,
    like you wrote the book in it or something.
    I think that you could do with a few pics to drive the message home a little bit,
    but other than that, this is fantastic blog. A great read.
    I will definitely be back.

  2. It’s not my first time to go to see this web page, i
    am browsing this web page dailly and obtain fastidious data from here everyday.

  3. Hi there to all, how is all, I think every one is getting more from
    this website, and your views are good in support of new visitors.

  4. Great site you have got here.. It’s difficult to find high quality writing like yours these days.I honestly appreciate people like you! Take care!!

  5. Excellent post. I was checking continuously this weblog and
    I’m inspired! Very helpful info specially the last part
    🙂 I deal with such info much. I used to be looking for this particular information for
    a very lengthy time. Thank you and best of luck.

  6. What’s up everybody, here every person is sharing such experience, therefore it’s pleasant toread this weblog, and I used to pay a visit this webpage everyday.

  7. Undeniably believe that which you stated. Your favorite justification appeared tobe on the internet the easiest thing to be aware of. I say to you, I certainly get irked while people consider worries that they plainly don’t know about.You managed to hit the nail upon the top and also defined out the whole thing without having side effect , people couldtake a signal. Will likely be back to get more. Thanks

  8. It’s really a cool and useful piece of info. I’m glad
    that you shared this helpful information with us.
    Please keep us up to date like this. Thank you for sharing.

  9. I have read so many articles on the topic of the blogger lovers
    however this piece of writing is in fact a fastidious paragraph, keep it up.

  10. Hey would you mind letting me know which hosting company you’re utilizing?
    I’ve loaded your blog in 3 completely different internet browsers
    and I must say this blog loads a lot faster then most.
    Can you recommend a good web hosting provider at a fair
    price? Thank you, I appreciate it!

  11. This excellent website definitely has all the information Iwanted concerning this subject and didn’t know who toask.

  12. Wow, amazing blog layout! How long have you been blogging for?
    you made blogging look easy. The overall look of your website is great, as well as the content!

  13. It’s really a nice and helpful piece of info.
    I am happy that you shared this useful information with us.
    Please keep us informed like this. Thanks for sharing.

  14. Hi there mates, how is all, and what you wish for to sayregarding this piece of writing, in my view its truly awesomein favor of me.

  15. My developer is trying to persuade me to move to .net from PHP.
    I have always disliked the idea because of the
    costs. But he’s tryiong none the less. I’ve
    been using Movable-type on several websites for
    about a year and am nervous about switching to another platform.
    I have heard fantastic things about blogengine.net.

    Is there a way I can transfer all my wordpress content into it?
    Any kind of help would be really appreciated!

  16. Hey! This is kind of off topic but I need some guidance from
    an established blog. Is it very difficult to set up your own blog?
    I’m not very techincal but I can figure things out pretty quick.

    I’m thinking about creating my own but I’m not sure where to begin. Do
    you have any points or suggestions? Thanks

  17. Thank you for the auspicious writeup. It actually was a entertainment account it.
    Glance advanced to far brought agreeable from you!
    However, how could we keep in touch?

  18. Hello, Neat post. There is an issue with your website in internet explorer,would check this? IE nonetheless is the market leader and a huge portion of folks will omityour wonderful writing due to this problem.

  19. I think that what you said was actually very reasonable.However, what about this? suppose you typed a catchiertitle? I ain’t suggesting your information is not good, but whatif you added a title to maybe grab people’s attention? I mean Domino helps customers reduce risk and optimise production with new vision inspection systems– Indian Weekend is a little plain. You should look atYahoo’s home page and note how they create post titles to get viewers interested.You might add a related video or a pic or two to get readers excitedabout what you’ve written. Just my opinion, it could bring yourposts a little bit more interesting.